12 de jun de 2013

Amor



Autor – Carlos Barros



Ficarei na sombra deste sentimento indecifrável, incoerente, inexplicável, imprevisível. Escreverei em poucas linhas sobre este mistério que amorosamente nos encanta. O encantado amor dos sensíveis, dos egoístas, dos altruístas, dos artistas. O feminino amor com seus desejos, sonhos, mistérios, seduções, ilusões, desilusões, esperança. Sua força de amar. Sua potência para recomeçar.
Amor que amamenta, acalenta, lamenta, completa, complementa. Amor reprimido, correspondido, rejeitado. Amor ferido que grita, ameaça, chora, foge. Arrependido amor que retorna, abraça, promete, implora perdão. Amor que perdoa! Depois o carinho, o beijo e o sexo perdoado. Esta química do amor diluída na física do corpo. Esta matemática do amor dividido, somado, multiplicado.
Saudade do amor, do primeiro amor. Tristeza pelo amor que morre. Lagrimas pelo amor que se foi. Júbilo pelo amor que nasce, cresce, rejuvenesce. Amando palavras de amor eterno.
Agora fecha teus olhos e escuta a sabedoria da Vida: Se amares verdadeiramente, deverás conviver com a busca incansável da felicidade com este amor, com o medo da perda deste amor e a saudade do amor que partiu.
Não há como esquecer os amores do passado. Ama o amor do presente.Afrodite é deusa inspiradora. O amor é divinamente eterno na alma dos mortais. Não temas o amor-paixão que corrói o espírito. Não morrerás de amor!
Sentirás na pele os sentidos orgânicos do amor. Teu corpo abrasador expressa este gozo desejante. Amor entre quatro paredes, fora das paredes, amor sem paredes! Amor que penetra na carne sem pudor. Amor fluido descendo pela boca insaciável de Eros.
Tranquiliza-te perante o amor. Acalma teu coração. Deixa de lado a incerteza provocada em nome da razão. Enquanto teu espírito procura respostas, o amor escorrega entre teus dedos. Que não seja necessário desvendar, entender, explicitar. Que seja suficiente senti-lo atravessando teu ser.
Não matarás em nome do amor. Amarás em nome dos que amam. Amarás o próximo e o distante. Amarás a terra. Amarás os animais. Amarás a existência! Amarás o amor que transborda no teu interior. Amarás a Vida como a ti mesmo!


O amor não prescinde comentários...
Namastê
Paz e luz!!
Judi Menezes

10 de jun de 2013

Foda-se!!!!



AMADO MESTRE,

EU FICO CHOCADO QUANDO VOCÊ USA A PALAVRA 'FODA'. O QUE FAZER?

Quando Friedrich Nietzsche declarou: ‘Deus está morto’, ele mesmo ficou totalmente desamparado, sem esperança, desconsolado, perdeu o significado. Ele teve que passar por um longo processo de insanidade.

Nietzsche parece-me ser a figura mais importante e dominante do mundo no século passado. Sem qualquer argumento sua declaração se infiltrou em todas as mentes. Mas ele não estava ciente das implicações. Eu não tenho nenhum problema se deus está morto. Não há necessidade de lamentar sua morte.

O problema é que, se deus está morto, então você perde a palavra mais importante na sua língua e você vai precisar de uma substituta. Deus foi um fim, um extremo, e quando um extremo desaparece de sua visão mental, o necessário e inevitável é você cair no outro extremo.

E foi isso que aconteceu. Em vez de deus, 'foda' tornou-se a palavra mais importante da língua. Mesmo Friedrich Nietzsche se ele voltar, ele ficará surpreso, e ele vai tentar ressuscitar de alguma forma o deus morto, porque isso é estúpido. Mas você vai precisar de um relatório completo sobre isso, uma pesquisa ampla.
Essa é uma das palavras mais bonitas. O idioma Inglês deve ter orgulho disso. Eu não acho que qualquer outra língua tem uma palavra tão bonita.
Um indivíduo, um Tom qualquer da Califórnia fez uma grande pesquisa sobre isso.
Eu acho que ele deve ser o famoso Tom do bem conhecido livro Tom, Dick e Harry.
Ele diz: Uma das palavras mais interessantes no idioma Inglês é hoje a palavra – Fuck - 'Foda'.
É uma palavra mágica: apenas pelo seu som pode-se descrever a dor, prazer, ódio e amor.
Na linguagem ela cai em muitas categorias gramaticais. Ela pode ser usada como um verbo, tanto transitivo (João fodeu a Maria) e intransitivo (Maria foi fodida por João), e como um substantivo (Maria é uma bela foda).
Ela pode ser usada como um adjetivo (Maria é de uma beleza fodida).
Como você pode ver não há muitas palavras com a versatilidade de 'foda'.
Além do significado sexual, há também as seguintes utilizações:
• Fraude: fui fodida no leilão de carros usados.
• Ignorância: Vou-me foder se eu souber.
• Problema: Eu acho que eu estou fodido agora!
• Agressão: Foda-se!
• Desgosto: Que foda está acontecendo aqui?
• Dificuldade: Eu não consigo entender essa foda de trabalho.
• Incompetência: Ele é um fodido.
• Suspeita: Que foda você está fazendo?
• Prazer: Eu tive uma boa foda.
• Pedido: Tire sua cara fodida daqui!
• Hostilidade: Eu vou bater na sua cara fodida!
• Parabéns: Você é foda.
• Apatia: Quem se fode?
• Inovação: Pegue o martelo mais fodão.
• Surpresa: É Foda! Você me assustou!
• Ansiedade: Hoje é realmente uma foda.
E pode ser muito saudável também se todo dia de manhã você o fizer como uma Meditação Transcendental – no momento que você se levantar, a primeira coisa, repita o mantra "Foda-se!" cinco vezes - ele limpa a garganta. É assim que eu mantenho a minha garganta limpa!
Chega por hoje. (Osho)




Eu desejo as seguintes utilizações pra você:

Que você tenha uma boa foda na sua vida (prazer); Sabendo que você é foda ( parabéns) : segurando no seu martelo ( seja qual for o instrumento) mais fodão. Utilizando-se é claro do mantra "foda-se" para limpar a garganta.

Haja Foda!!!!

Namastê

Paz e luz!!

Judi Menezes