29 de jan de 2013




 Sentimos a nossa alma gêmea , ao fecharmos os olhos no instante que a mais bela música, vibra na pele. A pele arrepia, não pela música, mas pelo despertar da alma, que flui para se entrelaçar com a linda alma gêmea , aonde quer que ela esteja. Sentimos no ínfimo instante , o amor que sonhamos, que perdemos. A música acaba e em silêncio a alma nos abraça, suspiramos...
Paz e luz!!
Judi Menezes

Nenhum comentário: